O remake de Resident Evil 3 foi lançado no último dia 3 de abril, sendo um dos games mais aguardados da geração ao lado de outro remake: Final Fantasy VII. Um jogo de sucesso geralmente conta com uma infinidade de modificações, conhecidas na web como mods, feitas pelos próprios jogadores.

GAY BLOG BR by SCRUFF

Recentemente, passou a circular na web um mod do personagem Carlos sendo jogável nu, ficando bem realista e com um corpo que parece ter sido bem trabalhado na academia. O mod repercutiu positivamente no Twitter.

RESIDENT EVIL 3 REMAKE

Após o grande sucesso do remake de Resident Evil 2, a Capcom resolveu trabalhar também em sua continuação, atendendo aos anseios dos fãs do game original.

Apesar de render sucesso comercial, o jogo dividiu a opinião do público e da mídia, e o consenso é de que o remake de Resident Evil 3 não é tão forte quanto o do 2, com muitos conteúdos do jogo original cortados. Isso resulta em um jogo aparentemente apressado e com curta duração. Apesar das críticas quanto sua longevidade, muitos elogiaram a aventura enquanto ela durava, dizendo se tratar uma experiência muito divertida.

Já o jogo original foi lançado em 1999 para o primeiro PlayStation, sendo elogiado por sistema de escolhas que mudava o destino da protagonista, além de ter gráficos consideravelmente superiores aos dois jogos anteriores. Além disso, este se passa na área externa de Raccon City, e não dentro de prédios, e por isso há cenários mais variados quando comparado aos dois primeiros. Outro ponto de elogio foi o game ser mais focado na ação e menos no terror, com mais momentos onde a “adrenalina” fala mais alto.

O jogo recebeu conversões para diversos consoles da época, incluindo o Dreamcast, GameCube e também foi lançado para computadores. O game recebeu notas entre 8 e 10 das principais revistas de videogames.

Venda de bonecos sexuais realísticos dispara durante isolamento social

Buscas por Final Fantasy no Pornhub aumentaram 7631%

Da caricatura à normalização: conheça a história dos LGBTs nos games

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".