O júri elegeu a campanha publicitária “De Causo em Causo” da Shell como a vencedora da categoria “Pegue Meu Dinheiro” no POC AWARDS 2019. A propaganda veio da rede destinada ao público LGBTQIA+ da companhia, TRUEColors, visando promover ações que estimulam o debate.

GAY BLOG BR by SCRUFF

O destaque entre uma das peças publicitárias é a história de Afrodite, uma mulher trans que tem uma vida com superações e muitos preconceitos.

Segundo uma reportagem da BBC Brasil, Afrodite nasceu Heraldo Almeida Araújo. Inicialmente se assumindo como crossdresser, eventualmente ele se entendeu como uma mulher transexual.

“Desde criança, sempre me senti mulher. Perguntava a minha mãe por que meus seios não cresciam e ela dizia que homens não tinham seios. Nunca entendi por que nasci assim”. 

Reprimindo suas vontades e desejos, Afrodite exerceu profissões tipicamente associada aos homens, como cabo do exército e eletricista, e também casou duas vezes com mulheres e também teve uma filha.

Afrodite enfrentou muita discriminação da família (Foto: Alair Ribeiro / BBC Brasil)
Afrodite enfrentou muita discriminação da família (Foto: Alair Ribeiro / BBC Brasil)

Seus dois irmãos tiveram atitudes transfóbicas quando viram a Afrodite pela primeira vez, resultando em um boletim de ocorrência por injúria e difamação, além de ameaças de agressão. Curiosamente, o pai dela não fez nenhum tipo de comentário, e a filha e os sobrinhos a apoiaram.

Atualmente, Afrodite pretende fazer a cirurgia de redesignação sexual e chegar o mais próximo o possível de ser uma mulher.

A CAMPANHA DE CAUSO EM CAUSO

A TRUEColors tem diversas iniciativas feitas para estimular a interação dos funcionários da Shell com o público LGBTQIA+, como é o caso de trocar experiência com a instituição “Casinha”, que atende os LGBTQIA+ marginalizados pela sociedade.

“A nova campanha de Shell Rimula representa uma ligação mais próxima com o seu público. O produto não só cuida do motor e do caminhão, como também entende que os caminhoneiros têm outras necessidades específicas e enfrentam fantásticas jornadas pessoais. Dessa forma, nosso objetivo também é mostrar uma ótica mais humana, trazendo um lado inusitado e desconhecido dos profissionais que vivem nas boleias”, diz Carla Salgueiro, gerente de Marketing da Shell Lubrificantes.

“Conheço pessoas que se candidataram a vagas na Shell por causa do nosso perfil, porque se sentiram acolhidas e identificadas, além de receber o contato de várias empresas que querem entender melhor o que estamos fazendo e como podemos contribuir nesse sentido” – disse Yasmin Reis, analista financeira da Shell Brasil e presidente da rede LGBTQIA+ da empresa.

Os vencedores do POC AWARDS 2019!

POC AWARDS 2019

Confira os vencedores do POC AWARDS (alternativamente, veja a lista na revista Exame ou no Terra).

Prêmio do Júri – POC AWARDS 2019

POC DO ANO: Tarcis Duarte
ARTIVISTA DO ANO:Renata Carvalho
BOY MAGIA: Wanrley Cardoso, para 48 horas
QUE HINO: “Proibido o Carnaval” – Daniela Mercury e Caetano Veloso
MÚSICO POC BRASILEIRO: Renato Enoch, por “Recortes {b}”
PEGUE MEU DINHEIRO (publicidade):Shell – “De Causo em Causo”
UNICÓRNIO (startup): Jow Centro Automotivo
ATIVO 19 (iniciativa): Coordenação de Políticas para LGBTI da Prefeitura de SP

Menções Honrosas – POC AWARDS 2019

MANDA VÍDEO: Inritado, por Porta dos Fundos
GRANDE DIA: Criminalização da homotransfobia
ELAS QUE LUTAM (ativismo): Fábio Felix

Prêmio do Público – POC AWARDS 2019

POC DO ANO: Jesuíta Barbosa
CANCELAMENTO: “É a união de dois caras”
FANFIC (o pior enredo de ficção):Damares com “Frozer”
THE BOSH: Titi Müller com “a galera tá pedindo Anitta demais”
MELHOR AÇÃO PUBLICITÁRIA: Crivella promovendo a literatura LGBT+
GRANDE DIA:Radialista Luiz Gama demitido após comentário homofóbico
TEM LOCAL (turismo): San Francisco, promovido por SFTravel
O AUGE: Pabllo Vittar dando bronca nas colocadas em Salvador
ARTIVISTA: Laerte
BOY MAGIA:Max Souza, Mister Lins 2019
QUE HINO AmarElo” – Emicida, Majur e Pabllo Vittar
CHACOTA DO ANO: Eu mereci
MANDA VÍDEO (cinema): Bixa Travesty, por Linn da Quebrada, Kiko Goifman e Claudia Priscilla
MÚSICO POC BRASILEIRO: Jão
PEGUE MEU DINHEIRO (campanha):Governo da Bahia – “Aqui é Bahia, aqui é respeito”
INSULTO DO ANO: Cidadão de bem
UNICÓRNO (startup): Bicha da Justiça
ELAS QUE LUTAM (ativismo): David Miranda
ARTISTA DO ANO: Tabatha Aquino cantando Gloria Groove no metrô
ATIVO 19 (iniciativa do ano): Felipe Neto
CONTATINHO (plataforma de relacionamento): Grindr
AVANT GARDE (empreendedorismo): Suruba Beneficente, de Dedalos Bar
PERSONALIDADE DA MÍDIA:Kaíque Brito
KIT GAY (a maior ameaça que converte héteros em gay): Rodrigo Hilbert

Junte-se à nossa comunidade

O app SCRUFF está disponibilizando gratuitamente a assinatura PRO no Brasil, com todas as funcionalidades premium. Seja Embaixador SCRUFF Venture para ajudar os gays que estão visitando sua cidade. Tenha uma agenda atualizada das melhores festas, paradas, festivais e eventos. São mais de 15 milhões de usuários no mundo todo; baixe o app SCRUFF diretamente deste link.

Jornalista formado pela PUC do Rio de Janeiro, dedicou sua vida a falar sobre cultura nerd/geek. Gay desde que se entende por gente, sempre teve um desejo de trabalhar com o público LGBT+ e crê que a informação é a melhor arma contra qualquer tipo de "fobia".